Presidência Nacional do PMDB

Câmara dos Deputados

Ed. Principal Ala B sala 6, Praça dos Três Poderes

Brasília - DF - CEP 70160-900

pmdbnacional@gmail.com

(61) 3215-9206 / 3215-9209




X

A Falta de Representação Feminina na Política: Lugar de mulher também é na política

Todo processo político é desestimulante para as mulheres pelos entraves e limitações encontrados por elas ao tentar ingressar na política. Temos como exemplos: a falta de vocação política, o desinteresse, e, principalmente, a falta de empoderamento feminino no posicionamento dos campos sociais, políticos e econômicos, o que reflete estat…

16 de março de 2017 por Sávia Midiã Florindo Pereira de Brito (*)

À mesa, com ou sem Trump

Profundas mudanças na ordem internacional estão em curso, e a ascensão de Donald Trump nos Estados Unidos, antes de ser causa, é consequência dessas transformações.

Entre os americanos, muitos estão insatisfeitos com o modelo de economia globalizada, no qual empresas decidem onde querem produzir. É por isso que várias das promessa…

13 de março de 2017 por Kátia Abreu (*)

O Brasil e os direitos humanos

O Brasil volta ao Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. A eleição do país é o reconhecimento da importância de uma das maiores democracias do mundo e do compromisso inequívoco de nossa nação com os direitos humanos.

Trabalharemos ao longo de nosso mandato no conselho, guiados pela Constituição e por demandas da socieda…

10 de março de 2017 por Michel Temer (*)

Mais mulheres na política, mais políticas para as mulheres

A luta das mulheres por igualdade, conquista de direitos civis e melhores condições de vida é uma constante na história mundial. O protagonismo feminino foi ampliado ao longo do tempo, mas a discriminação ainda persiste. A posição da mulher na sociedade continua sendo fruto de inúmeras contradições no Brasil e no mundo.

Se, por u…

10 de março de 2017 por Fátima Pelaes (*)

Aço chinês expõe desafios da indústria siderúrgica no mundo

Diante da ilusão criada pelo movimento de globalização, que anunciava a morte dos Estados e a perspectiva da paz universal, a Grã-Bretanha permitiu a migração de toda a sua indústria siderúrgica. Hoje, diante dos fatos, deve estar arrependida. Nada está mais longe do que a “paz universal”!

Com Trump, Putin, Xi Jinping e…

9 de março de 2017 por Delfim Netto (*)

Flickr Youtube Facebook Rss