Presidência Nacional do PMDB

Câmara dos Deputados

Ed. Principal Ala B sala 6, Praça dos Três Poderes

Brasília - DF - CEP 70160-900

pmdbnacional@gmail.com

(61) 3215-9206 / 3215-9209




X

O Brasil não pode parar

O título deste artigo faz referência a uma frase que era orgulho de paulistas e, posso dizer, de brasileiros em geral. Durante anos ecoava em todo o País o brado “São Paulo não pode parar”. Hoje, esse sentimento e essa convicção estão presentes em todos os que percebem que o País mudou. O Brasil não pode parar. Ninguém conseguirá t…

4 de julho de 2017 por Michel Temer (*)

A paixão política costuma cobrar caro

A sociedade brasileira está em estado de choque. Apoiou fortemente o afastamento de Dilma, pelo “péssimo estado geral da sua obra”, reconhecido, aliás, por ela mesma quando, depois de sua reeleição, adotou o programa econômico do candidato vencido! O seu impedimento está longe de ter sido um “golpe”. Fez-se dentro da…

22 de junho de 2017 por Delfim Netto (*)

O Brasil na Rússia e na Noruega

Visitarei na próxima semana a Rússia e a Noruega. Meus compromissos incluirão reuniões com o presidente Vladimir Putin, em Moscou, e com o rei Harald V e a primeira-ministra Erna Solberg, em Oslo. Nas duas capitais, falarei também a investidores sobre o momento de modernização econômica que vive o Brasil – momento de responsabilidade fis…

16 de junho de 2017 por Michel Temer (*)

É preciso rever os impostos sobre a exportação

O senhor Paulo Ziulkoski é, desde tempos imemoriais, o competente e ativo presidente da Confederação Nacional dos Municípios (a CNM). Cordato, inteligente e elegantemente assertivo, tem prestado relevantes serviços aos seus associados. Sob seu comando, a CNM tem produzido estatísticas verazes que são as melhores para entender e tentar ameni…

14 de junho de 2017 por Delfim Netto (*)

O Brasil Renasce

O governo Temer assumiu o comando do país em meio a maior recessão da história brasileira: queda de quase 4% do PIB em 2015, desemprego crescente, renda em declínio, inflação na casa dos dois dígitos. O diagnóstico não podia ser pior – o paciente estava na UTI e sem perspectiva de melhora. O desafio era enorme, o objetivo muito clar…

2 de junho de 2017 por Moreira Franco (*)

Flickr Youtube Facebook Rss