Presidência Nacional do PMDB

Câmara dos Deputados

Ed. Principal Ala B sala 6, Praça dos Três Poderes

Brasília - DF - CEP 70160-900

pmdbnacional@gmail.com

(61) 3215-9206 / 3215-9209




X

Em Manaus, Michel Temer é ovacionado e defende unificação do PMDB

Paulo Marcial (FUG/PMDB)

29 de fevereiro de 2016

Manaus (AM) - Na sexta-feira (26) foi a vez da capital do Amazonas, Manaus, receber a Caravana da Unidade, que com contou a presença do presidente nacional do PMDB, Michel Temer (SP), do presidente estadual do PMDB e ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga (AM), do secretário-geral do PMDB Nacional, deputado Mauro Lopes (MG), do ex-governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, e do vice-presidente de Formação Política da Fundação Ulysses Guimarães e secretário-executivo do PMDB, Eliseu Padilha (RS).

A Caravana que tem percorrido todos os estados brasileiros, promovendo encontros com a militância do PMDB e representantes da sociedade civil organizada tem por objetivo mobilizar o Partido para garantir candidaturas majoritárias em todas as capitais e principais municípios de cada estado, com vista a consolidar o PMDB para as eleições de 2016.

O presidente do PMDB Municipal, o vereador Marcel Alexandre da Silva ressaltou que tem visto acerca do PMDB, “o seu programa dos sonhos, e da proposta de unidade em função política para encontrar bons caminhos para a nossa nação brasileira”. “O PMDB mantém a sua história ainda no momento de crise que a nação está. Mas é muito bom saber que o PMDB está sonhando com novos caminhos. Então o PMDB não perdeu a sua vocação de estar frente, de vanguardista, de altamiro, de guerreiro”, disse. 

Marcel registrou também que até no programa de governo, o PMDB tem falado de sonhos e de uma Ponte para o Futuro, de uma união coerente pois o Partido sabe ser o PMDB, e também quer ser também protagonista. “Assumindo o nosso ideal de candidatura própria e assumindo também, e as eleições municipais já estão preparando esse caminho, e que essa Caravana da Unidade é exatamente isso, que o PMDB está buscando nos seus sonhos novos rumos para a nação brasileira e para as suas vocações regionais, estaduais e municipais”, declarou.

Já o líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Vicente Lopes, afirmou que esta caminhada que se inicia pelo país inteiro não tem só como objetivo de apenas modificar mas de apontar e buscar solução para sair deste momento de crise que o país atravessa. “Precisamos sim de alguém com competência, com liderança e com espírito público e que tenha ao longo da sua trajetória de vida aquilo que Vossa Excelência carrega no seu currículo que é exatamente a capacidade de interlocução, de buscar o entendimento que tem feito”, elogiou.

Vicente Lopes lembrou ainda que o PMDB completa 50 anos e que tem algo que marca que é o seu lado que é o lado do povo brasileiro, e que o PMDB do Amazonas segue a orientação do ministro Eduardo Braga, a sua liderança política, o seu comando, por reconhecer alguém com envergadura e com qualificação “para estar a frente deste grande partido que é o PMDB. O PMDB é uma grande legião de homens e mulheres livres que estão ao seu comando”, enalteceu.

O deputado federal Marcos Rotta (AM) parabenizou o presidente Michel Temer que junto com a Caravana tem dado voz em todos os estados brasileiros para que a sociedade brasileira possa se manifestar a respeito do momento que nós vivenciamos hoje, não apenas na esfera política mas também sobretudo na nossa economia que afeta principalmente os municípios mais pobres do interior do nosso país, incluindo todos do Amazonas. “Esta foi a forma que o vice-presidente Michel, presidente do nosso Partido encontrou para que nós possamos dar a nossa contribuição ao governo federal. Já que não nos chamam para discutir, sentar a mesa, nós vamos sair em Caravana pelos quatro cantos do país e vamos ouvir a população brasileira e vamos formatar um documento e vamos apresentar a nossa Convenção agora em março”, frisou. 

Rotta afirmou também que pretende montar na Câmara Federal um grupo de cabeças para darem a sua parcela de contribuição na esfera do que faz a Caravana da Unidade de buscar a unidade também dentro do PMDB na Câmara e apresentar também juntamente as lideranças as alternativas de cada estado. “Nós vamos promover no Amazonas o mesmo que o presidente Michel vem fazendo pelos quatro cantos do país. É o momento que nós estamos defendendo não apenas a unidade do nosso Partido mas a unidade entre todos os partidos políticos”, enfatizou.

O peemedebista registrou também sobre a situação da economia e da política brasileira e que o PMDB precisa deixar a governabilidade e partir para o projeto solo de lançar candidatura própria em 2018. “Não tenho dúvida alguma de que Michel Temer com essa altivez que tem, com a preocupação que tem com o futuro do Brasil, haverá de nos brindar com um grande projeto. O projeto denominado Ponte para o Futuro, e nós queremos estabelecer não apenas a ponte para o Brasil, mas nós vamos interligar uma ponte para Manaus, uma ponte para o Amazonas, e vamos unificar essa ponte em favor do povo brasileiro”, afirmou Marcos Rotta.

O presidente estadual do PMDB e ministro de Minas e Energia Eduardo Braga declarou que o PMDB do Amazonas confia no PMDB e no dia 12 de março todos os convencionais estarão votando em Michel Temer para presidente nacional do PMDB. “Esta chama da esperança que nos move e é a chama da esperança que fará com que o PMDB do Amazonas esteja em Brasília para agradecer a esperança e a confiança que nós depositamos no nosso Partido sob a direção do nosso presidente Michel Temer”, enfatizou.

Aviação regional – Eduardo Braga registrou que o estado precisa de apoio e de aliança para resolver os problemas do interior do estado que está gritando por socorro, principalmente na questão da aviação regional no estado do Amazonas é uma das grandes dívidas sociais que o país tem. “Não dá para entender que é normal, que é natural alguém que mora a 1.400km de Manaus, não ter direito a vida porque nós não temos um aeroporto para pousar com um avião comercial e salvar essa vida”, questionou.

Braga lembra que quando Eliseu Padilha era ministro da Aviação Civil, que chegou a implantar o fundo da aviação regional, mas que falta vontade política e que agora é a hora do PMDB consolidar a implementação de um programa de aviação regional que possa fazer com esses brasileiros tenham essa conexão. “Nós queremos um compromisso do PMDB Nacional para que o fundo da aviação regional seja resgatado e que nós possamos de uma vez por todas ter aeroportos em condições de salvar a vidas no interior do estado do Amazonas”, ponderou.

Portos – O presidente estadual do PMDB também registrou que o Amazonas e Manaus, uma das cidades que mais se desenvolveu mas que até não possuem um porto de passageiro, de carga descente e honrado para o povo do interior do estado do Amazonas. “Homens e mulheres chegam todos os dias aqui nesse estado pisando na lama, desembarcando muitas vezes com a água no meio da canela. E tendo que carregar um ente querido doente no fundo de uma rede. Nós temos que ter o direito e o PMDB é hoje quem ocupa o Ministério dos Portos do Brasil. Portanto o PMDB pode realizar o sonho do povo do interior do estado do Amazonas”, lembrou.

ZFM – Sobre a Zona Franca de Manaus, Eduardo Braga disse que um partido do tamanho do PMDB, com uma bancada do tamanho do PMDB no Senado Federal e na Câmara dos Deputados pode garantir que a Zona Franca de Manaus não apenas tenha sido prorrogada por 50 anos mas que ela tenha os incentivos fiscais e a competitividade necessária para voltar a gerar emprego e renda para o povo do Amazonas. Também pediu apoio para acabar com isolamento da BR-319.

Energia – Braga reforçou que o Brasil venceu o desafio do racionamento e anunciou que a energia elétrica começou a baratear. “A partir de abril não teremos mais sistema de bandeira. E os reajustes tarifários estão acontecendo abaixo da inflação, abaixo do IPCA. E alguns reajuste serão inclusive negativos. É assim trabalhando, investindo e gerando oportunidades, abrindo novas oportunidades de emprego e renda. Portanto é assim acreditando no Brasil e acreditando no Partido e em homens e mulheres de valor como o que o nosso partido está construindo que nós acreditamos que o Brasil transformará uma crise numa oportunidade de vitória e de conquista”, comemorou.

O presidente nacional do PMDB, Michel Temer, iniciou seu discurso elogiando Eliseu Padilha, vice-presidente da Fundação Ulysses Guimarães, que tem feito um trabalho extraordinário em todo o país pelos chamados cursos de Formação Política. “É um curso de formação política para revelar que o PMDB não é apenas um partido que quer disputar cargos de natureza, mas quer disputar uma presença política muito forte no país com esta formação, e os cursos da Fundação tem proporcionado”, explicou.

Temer lembrou que já foram percorridos 10 estados brasileiros e que a Caravana visitará todos os estados da federação. E que sai com a alma incendiada de Manaus para dizer que vale a pena a Caravana da Unidade. “Nós estamos promovendo uma Caravana da Unidade e também estamos fazendo a pregação, uma pregação programática do PMDB. O PMDB sempre teve uma preocupação programática importantíssima. Não é exatamente uma programação simplesmente eleitoral. Ou seja, não estamos apenas fazendo um programa tendo em vista a próxima eleição. E é claro e faço um parêntese para dizer que é fundamental se quisermos governar em 2018 nós temos que ter o maior número de prefeitos, vereadores, vice-prefeitos em 2016”, argumentou.

O presidente nacional do PMDB também registrou a importância da atuação de Eduardo Braga, quando se tratou da questão referente da prorrogação da Zona Franca de Manaus por 50 anos. “Ele fez um trabalho excepcional. Mas além dele como presidente do partido, me procurou para a minha alegria mas umas 60 vezes no prazo de um mês e meio. E agora mesmo vindo de Belém me falava da BR 319. Me falava também que não adianta a Zona Franca ter 50 anos se a sua logística não for efetiva, se não houver condições para manutenção do emprego, para a manutenção da atividade. E o Eduardo vem aqui já com vários feitos e efeitos que gerou como prefeito, depois governador”.

Ponte para o Futuro -  Sobre a chamada Uma Ponte para o Futuro, Michel Temer elogiou o trabalho proposto pelo deputado Marcos Rotta, sobre uma agenda do PMDB da Câmara que será conectada com todos estes programas para apresentarmos um grande programa para o país nós estamos pensando em ajudar o país. “Não é sem razão e eu já a oportunidade de conversar com a nossa presidenta que utilizem se for o caso os programas e as sugestões feitas pelo PMDB. Porque se forem úteis para o país serão úteis par ao governo. Então nós estamos fazendo exato e precisamente este trabalho em todo o país. Eu quero dizer que é fundamental que os pensem em prefeituras nas candidaturas a prefeito em todos os municípios do Amazonas. Eu tenho pregado isso em todo o país”, destacou.

Por fim, Temer cobrou unidade e unificação do PMDB “porque a unidade do Partido redundará naturalmente na unidade da própria nação. Ao vir aqui e receber esse impulso que vocês estão dando a nossa caminhada, a nossa Caravana”.

Também prestigiaram o evento: Miguel Capobiango, presidente da Fundação Ulysses Guimarães/AM, deputado Wanderley Dallas, os Núcleos do PMDB Jovem e do PMDB Mulher, as lideranças empresariais como o presidente do Sinduscon, Zacarias Bichara, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIAM), Antonio Silva, e o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus, Ralf Assayag.

0 Comentários

Deixar um comentário


+ 5 = 7

Flickr Youtube Facebook Rss