Presidência Nacional do PMDB

Câmara dos Deputados

Ed. Principal Ala B sala 6, Praça dos Três Poderes

Brasília - DF - CEP 70160-900

pmdbnacional@gmail.com

(61) 3215-9206 / 3215-9209




X

Osmar Terra inaugura centro de atenção para crianças com microcefalia em Salvador

Ascom/MDS

6 de dezembro de 2017

Salvador (BA)O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra (RS), inaugurou, nesta segunda-feira (4), em Salvador (BA), uma unidade de atenção para o acompanhamento das crianças diagnosticadas com microcefalia causada pelo Zika vírus. Este é o primeiro de dois Centros-Dia de Referência para Pessoa com Deficiência que funcionará na capital. Juntos, eles devem beneficiar a cerca de 240 crianças, de até 6 anos de idade, com microcefalia e doenças associadas.

Orientar, acompanhar e reduzir a vulnerabilidade das vítimas do Zika vírus é papel da política de assistência social do governo federal. Segundo o ministro, estas crianças poderão se desenvolver melhor e com mais qualidade de vida recebendo o atendimento adequado. “O Zika surpreendeu a todos. A velocidade com que a epidemia se espalhou vitimou mais de 3 mil crianças. Esses Centros-Dia que estamos inaugurando visam atender principalmente a esse grupo de pessoas”, disse.

Osmar Terra explicou que os serviços prestados na unidade irão auxiliar de maneira abrangente as famílias.  “Elas terão apoio para reabilitação física e cognitiva das crianças, além do tratamento psicológico. O centro vai se articular também com a área da creche, para que os pequenos fiquem o dia todo recebendo o tratamento que necessitarem”, destacou ele.

Cuidados especiais

O policial militar João Carlos Araújo é pai da pequena Lis, de dois anos e dois meses, diagnosticada com microcefalia. Morador de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador (BA), ele conta que a família viu a rotina mudar com a chegada do bebê, que exige cuidados especiais e tratamento 24 horas por dia.

Na opinião dele, o novo centro fará muita diferença. “As famílias têm sido guerreiras porque se deslocam a semana inteira a locais e em horários diferenciados para conseguir alguns tratamentos. Aqui, a proposta é reunir todo atendimento em um único local. Isso facilita porque a mãe ganha tempo e objetividade nas atividades da criança”, afirma.

Segundo ele, a inauguração representa, além da garantia de atendimento de qualidade, o fim de uma longa espera. “Desde que as crianças nasceram estávamos esperando um centro que atendesse às suas necessidades”, ressaltou Araújo.

Centro-Dia

A nova unidade do Sistema Único de Assistência Social (Suas) conta com equipe profissional de assistentes sociais, psicólogos, psicopedagogos, terapeutas ocupacionais e cuidadores. A gestão é municipal, com investimento do governo federal e contrapartida do governo estadual. Antes da abertura, o governo federal já repassou R$ 240 mil para a implantação. De acordo com o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, o Centro- Dia também vai integrar a rede de cuidados da cidade.

 “As famílias terão todo apoio e suporte. Além disso, nós já estamos em articulação com a Secretaria da Educação para garantir que as crianças que tiverem condições de frequentar creches e pré-escolas sejam matriculadas no próximo ano. O objetivo é que de um lado se tenha assistência social, mas do outro lado também se tenha assistência educacional e de saúde”, destacou o prefeito.

Outras unidades

Ao todo, o governo federal já repassou R$ 2,4 milhões para a implantação de Centros-Dia em 10 municípios das regiões com mais incidência de vítimas do Zika vírus. O primeiro foi inaugurado em Campina Grande (PB), na semana passada. Ele vai atender a 50 crianças com microcefalia e doenças associadas da cidade e de outros 12 municípios do sertão paraibano. A cerimônia de inauguração contou com a presença da secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Carminha Brant.

0 Comentários

Deixar um comentário


9 + = 16

Flickr Youtube Facebook Rss