Presidência Nacional do PMDB

Câmara dos Deputados

Ed. Principal Ala B sala 6, Praça dos Três Poderes

Brasília - DF - CEP 70160-900

pmdbnacional@gmail.com

(61) 3215-9206 / 3215-9209




X

Dário Berger: elaborar um orçamento real é vital para o equilíbrio das contas públicas

Brasília (DF) – O presidente da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), senador Dário Berger (SC), fala do desafio de elaborar o primeiro Orçamento da União depois da aprovação do limite do teto dos gastos. “O Orçamento era uma peça de ficção”, lembra ele ao defender equilíbrio entre arrecadação e despesa...

31 de maio de 2017 por

O emprego voltou

A melhor notícia que um governante pode transmitir, sejam quais forem as circunstâncias que envolvem o momento de sua administração, é a geração de novos empregos. Tive a felicidade de fazê-lo, ao anunciar que, depois de 22 meses de números negativos, revertemos a tendência de queda. Foram criados mais de 35 mil empregos com carteira assinada em fevereiro.

 É claro ...

24 de março de 2017 por Michel Temer (*)

Cícero Almeida propõe maior acesso da população a prestação de contas dos Poderes

Brasília (DF) – A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara Federal aprovou proposta  que amplia o acesso da população às prestações de contas efetuadas por administradores públicos. O Projeto de Lei Complementar 94/2015, do deputado Cícero Almeida (AL), será analisado ainda pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Consti...

21 de novembro de 2016 por Agência Câmara

Página virada

Vivemos um novo panorama governamental, marcado por mudanças de atitude, de ações e de métodos de trabalho. Ao assumir a responsabilidade de governar o país nos próximos dois anos e meio, amparado pela Constituição Federal, o presidente Michel Temer (PMDB) precisou optar entre dois caminhos.

Poderia escolher o mais cômodo, usando múltiplos instrumentos governamentais,...

28 de setembro de 2016 por Geddel Vieira Lima (*)

Por que Dilma não pode voltar

A presidente Dilma Rousseff parece acreditar que, ao se manifestar sobre seu governo e seu afastamento, angaria simpatia e, assim, afasta a hipótese altamente provável de seu impeachment. Sempre que a petista abre a boca, porém, fica claro para o País que, se seu governo já foi desastroso, seu eventual retorno à Presidência seria um cataclismo, pois a administração seria devo...

31 de maio de 2016 por Editorial Estadão

Flickr Youtube Facebook Rss