Presidência Nacional do PMDB

Câmara dos Deputados

Ed. Principal Ala B sala 6, Praça dos Três Poderes

Brasília - DF - CEP 70160-900

pmdbnacional@gmail.com

(61) 3215-9206 / 3215-9209




X

Campanha contra terceirização é artimanha dos sindicatos

O presidente Temer sancionou a Lei da Terceirização, finalmente aprovada pelo Congresso depois de 20 anos de discussão. Mostrou, mais uma vez, a sua disposição de resistir à gritaria de inverdades proclamadas pelos sindicatos.

Este...

10 de abril de 2017 por Delfim Netto (*)

Antonio Neto fala sobre importância da regulamentação da prestação de serviços em evento de TI

São Paulo (SP) - Na tarde de ontem, 16, o presidente do Sindpd e da CSB, Antonio Neto, participou do 24º Congresso de Segurança da Informação, Auditoria e Governança TIC, em São Paulo, no painel de debates “Lei de Terceirização: suas consequências em relação ao setor de TI”. Neto defendeu a necessidade da regulamentação da prestação de serviço es...

17 de setembro de 2015 por ASCOM/CSB

Projeto sobre terceirização deve tramitar no Senado a partir de segunda-feira

Brasília (DF) - O Projeto de Lei 4.330/2004, que regulamenta a terceirização de trabalhadores, deve chegar ao Senado nesta segunda-feira (26). Depois de ter recebido mais de 200 emendas, o texto foi aprovado na noite de quarta-feira (22) na Câmara, onde está sendo concluída a redação final.

Polêmica, a proposta deve receber alterações. O presidente do Senado,

27 de abril de 2015 por Agência Senado

Terceirização: direitos garantidos ao trabalhador

Depois de mais de uma década sem regulamentação no seu trabalho, o terceirizado, enfim, poderá ter voz, vez e direitos assegurados. A aprovação do projeto de lei 4330/2004 pela Câmara dos Deputados demonstra uma aposta no emprego, facilitando as relações trabalhistas e ampliando a atuação no mercado.

Quem é contra a terceirização argumenta que a medida precariza o...

17 de abril de 2015 por Mauro Pereira (*)

Cunha diz que protestos de ‘baixo nível’ podem apressar votação de terceirização

Brasília (DF) - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), reafirmou nesta terça-feira que não vai adiar a votação do projeto de lei que regulamenta a terceirização (PL 4330/04). Para ele, manifestações contrárias à proposta que gerem violência têm o efeito oposto e fazem com que os deputados queiram votar a proposta como resposta.

...

8 de abril de 2015 por Agência Câmara

Flickr Youtube Facebook Rss